Como comungar?



" (...) Em procissão vamos receber a Eucaristia. Há duas formas de recebê-la,
 todas duas profundamente significativas, expressam a nossa fé. (...) 
Assim se exprime a Instrução Geral sobre o Missal Romano no n.º 160 “(...)
 Não é permitido aos fiéis receber por si mesmos o pão consagrado e muito
 menos passar de mão em mão entre si. (...). 

O n.º 161 apresenta, com os negritos que chamam mais a nossa atenção
, as duas formas dizendo: 'Se a comunhão é dada sob a espécie do pão somente,
 o sacerdote mostra a cada um a hóstia um pouco elevada, dizendo: 
O Corpo de Cristo. Quem vai comungar responde: 
Amém, recebe o Sacramento, na boca ou, onde for concedido, na mão,
 à sua livre escolha. O comungante, assim que recebe a santa hóstia,
 consome-a inteiramente'. Até mesmo o diácono, se por acaso a celebração
 tiver a sua participação, há de receber das mãos do celebrante 
a comunhão sob as duas espécies. É o que reza o n.º 182 do mesmo texto
. O n.º 244 será mais preciso, afirmando que o diácono recebe a comunhão, 
numa concelebração, após os celebrantes, das mãos do celebrante principal. 

A comunhão na boca tem um belo sentido. É expressão da mesma bondade do Pai
 que alimenta os seus filhos como crianças. Não é nada indigno sentir-se,
 é até mesmo um belo sentimento próprio de filho de Deus, 
conforme nos ensinou Jesus o ser criança diante dos mistérios de Deus. 
Não nos preparamos para receber a Jesus balbuciando, como uma pequena criança,
 o nome do Pai: “Abba”? Somos como filhotes de pelicano a receber o Corpo do Senhor.
 Eu sempre gosto de imaginar Jesus Cristo, partindo os pedaços de pão e colocando-os 
na boca de seus discípulos, gesto que significa, amor profundo pelos seus. 

Quanto à outra forma, recorro às instruções de um grande catequista 
que viveu no século IV e foi bispo de Jerusalém: “Ao te aproximares (da Eucaristia), 
não vás com as palmas das mãos estendidas, com os dedos separados; mas faze 
com a mão esquerda um trono para a direita como quem deve receber
 um Rei e no côncavo da mão espalmada recebe o Corpo de Cristo, dizendo: 'Amém'. "

Escrito por Dom Paulo Francisco Machado
 Texto completo  aqui



Comentários

  1. Oi, Cris, muito bacana esse texto, didaticamente falando. Você que os preparou? Grande abraço e beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Maria Luiza. O texto não é meu não. Foi Escrito por Dom Paulo Francisco Machado!! Mas eu gostaria de tê-lo escrito! rsrs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas