Categorias

Abraão (1) Acolhida (2) Advento (1) Aliança-Pacto de amizade (1) Ambientação (1) Amizade (1) Ano Liturgico (1) Ano Litúrgico (1) Apóstolos (3) Arte na catequese (9) Artesanato criativo (3) As maravilhas de Deus (1) Atividades (3) Avaliação na Catequese (2) Batismo (3) Bíblia (7) Brincadeiras (1) Caça ao Tesouro (2) Campanha da Fraternidade 2017 (2) Cantinho da Oração (1) Catequese com adultos (8) Catequese com crianças (28) Catequese com os pais (2) Catequese de Crisma (6) Catequese de Perseverança (1) Catequese em ação (1) catequistas (1) Como preparar encontro de catequese (2) Confissão (1) Coordenação (1) Coroa do Advento (1) Correio de Maria (6) Crisma (1) Dia das Mães (2) Dia do Catequista (1) Dinâmicas (60) Dinâmicas de Oração (8) Dinâmicas de Revisão (1) Espírito Santo (3) Eucaristia (9) Evangelho (5) Família (2) Felicidade (2) Formações (32) Gincana (1) Histórias na Catequese (2) Igreja (1) Jesus chama seus colaboradores (1) Jesus convida os apóstolos (1) Jesus inicia sua missão (1) João Batista (2) Juízes (1) Leitura Orante (6) Lembrancinha da Páscoa (2) Lembrancinhas (4) Mandamentos (1) Maquete (1) Matrimônio (1) Meio Ambiente (1) Metodologia catequética (25) Moisés (1) Nascimento de Jesus (2) Natal (2) Nossa Senhora (4) O nascimento de Jesus (1) O Perfil do Catequista (10) O programa de Jesus (1) O tempo dos Reis (2) Oração (2) Pai- Nosso (2) Papo de catequista (15) Parábola do semeador (2) Páscoa (1) Pecado (2) Planejamento (3) Planejamento de Encontros (24) Profetas (1) Quem é Jesus? (4) Quem eu sou? (1) Rádio Catequese (3) Rei Davi (1) Reunião de pais (1) Revisão (5) Roteiro de visitas às famílias dos catequizandos (1) Sacramento da Crisma (1) Sacramento da Reconciliação (1) Sacramentos (6) Sagrada Família (2) Santíssima Trindade (1) Semana Santa (2) Somos filhos de Deus (2) Teatro (2) Textos de Apoio (1) Unção dos Enfermos (1) Ver-julgar-agir (1) Vlog (3)

16 fevereiro, 2013

Entre a vida e as drogas

Sobre a realidade das drogas, qual é o papel da catequese?


"Trabalhando com as diversas etapas de vida das pessoas, particularmente com as crianças, adolescentes e jovens, a catequese tem a missão de educar para uma vida plena e conscientizar dos perigos das realidades contrárias ao evangelho da vida. Seu papel é primeiramente educar para a prevenção. Nesse ponto, a criatividade é importante: gincanas, palestras, caminhadas, encontros catequéticos relacionados ao tema, teatro, concurso de poesias e histórias, tardes de recreação...

Com certeza, muitos catequizandos já tiveram ou têm contato pessoal com a realidade das drogas, seja como usuártios, seja na convivência familiar, em que cigarro e bebida são comuns. A catequese precisa estar atenta para ajudar os catequizandos e suas famílias, unindo-se a outras forças da comunidade, como pastoral familiar, a pastoral da sobriedade, grupos de alcoólatras anônimos (AA), o Amor Exigente, conselhos tutelares e conselhos municipais de saúde.

(...) Juntamente com os pais, é importante educar para a responsabilidade, estabelecer limites, dialogar, saber dizer não quando necessário e ocupar sadiamente o tempo livre. 'Cabeça vazia é oficina do diabo.'

Casos especiais não são resolvidos apenas com orações e conversas, mas necessitam de tratamento médico e psicológico."  (Revista Ecoando, ano X- N° 37)

http://www.catequesedeeucaristia.blogspot.com.br

12 fevereiro, 2013

Entrevista com Maria

1. Minha linda jovem, quem é você e de onde você veio¨?
2. Meu nome é Maria, sou filha de Ana e Joaquim, nasci em Nazaré; é uma pequena vila, na Galileia, ao norte da Palestina.
1. Você deve ser muito rica, não é? Penso assim porque muitas pessoas me falam de você com muito amor e carinho.
2. Sou de uma família simples. Meus vizinhos eram muitos pobres, moravam em casebres e frequentavam uma pequena sinagoga. Nazaré era uma vila desconhecida; os moradores das cidades vizinhas diziam sempre: 'Em Nazaré pode ter alguma coisa de importância?'
1. Você é solteira, tem filhos?
2. Fui educada para me casar com um rapaz sério, trabalhador e honesto. José tinha estas qualidades. Ele era descendente da família real de Davi. Era marceneiro, fazia janelas e portas e consertava outras coisas nas casas das famílias, em Nazaré. Mas, um dia, aconteceu uma coisa muito estranha: estava fazendo a minha oração e senti que uma brisa me envolvia,  algo diferente na natureza. De repente, percebi na minha frente um jovem de pé. Olhou para mim e disse: 'Alegra-se, Maria, o Senhor está com você'. Fiquei muito assustada e perguntei-lhe: 'Quem é você?' Ele percebeu o meu medo e me disse: 'Não tenhas medo, Maria, sou Gabriel. Fui o enviado de Deus e encarregado para encontrar a mulher digna de ser a mãe do Filho de Deus. E você, Maria, foi a escolhida para gerar e criar o Filho de Deus'.
1. Você aceitou logo?
2. Pensei na mensagem que Deus enviou para mim: ser a mãe do Filho do meu Senhor. Falei ao enviado de Deus: 'Como será possível cumprir esta missão se eu sou solteira e não moro com José?' Ele me tranquilizou: 'Não se preocupe, Maria. Deus sabe que José, seu noivo, concordará e ele a ajudará. Como pai adotivo, irá construir um lar, uma família para vocês'. Percebi que Gabriel olhou para o céu e sorriu, quando eu disse 'sim' a Deus."

Fonte: Revista Ecoando, Ano X- n. 37

Por Cris Menezes
http://www.catequesedeeucaristia.blogspot.com.br

10 fevereiro, 2013

Novo Correio de Maria


                            Bastidores da confecção da nova Caixa do Correio de Maria. 



Sabe o que mais bonito? É que a primeira caixa do Correio de Maria foi minha mãe quem me deu. E essa agora, também! rs 

O que é o Correio de Maria? Uma caixinha para os catequizandos depositarem seus pedidos a Jesus. No Correio de Maria, temos confiança que nossos pedidos serão entregues, pela sua poderosa Intercessão.

Veja a primeira caixa do Correio aqui .


Por Cris Menezes
http://www.catequesedeeucaristia.blogspot.com.br