Planejamento de Encontro de Catequese: O programa de Jesus: Amigo dos pobres e dos oprimidos



Fonte: Google


Pesquisa nos blogs sobre o encontro: O programa de Jesus: Amigo dos pobres e dos oprimidos 
*** 
1-  http://catequistaandrea.blogspot.com.br 

Acolhida: Como foi a Semana? Vimos semana passada o batismo de Jesus, depois de somos batizados temos uma importante missão para cumprir, esse é nosso tema de hoje.  Trabalhando o tema: Todos somos batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; após o batismo nos tornamos membros da igreja, agora estamos na catequese para aprender sobre Jesus para podermos seguir seus passos, seus ensinamentos. Como vimos no encontro passado, Jesus também foi batizado, João Batista preparava as pessoas para a vinda do messias, era esperado para libertar o povo da opressão, Jesus foi até ele para ser batizado, João Batista disse: “Eu é que tenho necessidade de ser batizado por ti e tu vens a mim?” Jesus, porém, respondeu: “Deixa estar por enquanto, pois assim nos convém cumprir toda justiça”. E João consentiu, batizando Jesus. (Mt3,13-15); a água no batismo é purificadora, é o sinal da graça de Deus, é  através  do batismo que nos convertemos e iniciamos nossa caminhada católica. Jesus após ser batizado iniciou sua missão. 

 O programa de Jesus: amigo dos pobres e dos oprimidos 
 Texto:Tendo recebido o Batismo, Jesus fez o seu programa de vida. Esse programa se baseia em ser amigo de todas as pessoas, principalmente dos pobres, doentes e oprimidos. Assim como Jesus, também nós, por causa do nosso Batismo, devemos nos comprometer em amar a Deus e em ajudar as pessoas, principalmente as mais pobres. Jesus ensinou o perdão, a fraternidade e ajustiça, e mostrou que somente com este programa de vida poderemos conseguir que este mundo seja melhor. Por causa deste seu programa, jesus é chamado de : Libertador e Salvador do Mundo. 


Atividade 2 :  Responda na pg.17; Qual a nossa missão como batizados?  Resposta: Devemos nos comprometer em amar a Deus e em ajudar as pessoas, principalmente as mais pobres. 

*** 


Motivação 
* Perguntar a cada catequizando o que gostaria de ser quando for adulto. Pedir que diga o "porque" dessa escolha. 
* Conversar com os catequizandos sobre os planos que, às vezes, sua família faz (programas de passeio, de trabalho, de mutirão, etc.) 
* Assim como nós temos os nossos planos, os nossos projetos, os nossos programas de vida, Jesus também tinha o seu. O projeto de Jesus era o mesmo projeto de Deus-Pai. O evangelista Lucas narra uma das primeiras pregações de Jesus. Nessa pregação, Jesus explica como é o Reino novo que ele deseja construir. Vamos ouvir com atenção um bonito trecho da Bíblia para ver se esse Reino de Jesus é importante para o mundo de hoje. 

Leitura: Lc 4,16-22 
Certa vez, Jesus já era homem feito quando se dirigiu à cidade de Nazaré, onde tinha sido criado. Entrou na sinagoga em dia de sábado, seguindo o seu costume, e levantou-se para ler a Palavra. Foi-lhe dado o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus escolheu e proclamou a passagem em que está escrito: "O Espírito do Senhor está sobre mim. Ele me escolheu e me enviou para trazer uma boa notícia aos pobres, para curar os que têm o coração ferido, para proclamar o perdão aos presos, e aos cegos a recuperação da vista, para devolver a liberdade aos oprimidos e para proclamar um ano de graça do Senhor." 
Fechando o livro, Jesus sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga ficaram olhando para ele. Jesus, então, lhes disse: "Hoje se cumpriu essa palavra que vocês acabaram de ouvir".Todos ficaram admirados com as suas palavras. 
- Palavra da Salvação. 
- Glória a vós, Senhor. 
Partilha: 
* Em que cidade Jesus fez esse discurso? Em que local e em que dia? (Lembrar o costume dos judeus de ler as Sagradas Escrituras nas sinagogas em dia de sábado). 
* O que era sinagoga? Para que servia? 
* Deram a Jesus, para ler, um livro de qual profeta do Antigo Testamento? 
* O que dizia o texto que Jesus leu? 
* O que Jesus afirmou ao povo no fim de sua leitura? 

Desenvolvendo o Tema 
O profeta Isaías viveu muito tempo antes de Jesus. Ele havia dito que o Salvador, quando viesse, seria uma espécie de rei misericordioso que iria socorrer o povo, principalmente as pessoas mais sofridas, devolvendo a todas elas a dignidade, a paz e a alegria. Jesus começou sua missão dizendo que veio cumprir o que o profeta havia anunciado. Jesus se apresenta como aquele que veio trazer vida nova para todas as pessoas sofridas. Naquele tempo, havia reis maus, injustos e dominadores que oprimiam o povo, explorando e praticando todo tipo de injustiças. E não eram só os reis que agiam assim. Havia, em toda a sociedade, muitos preconceitos. Os pobres, os doentes - cegos, leprosos, aleijados - viviam abandonados. Não tinham vez. Jesus chega propondo solidariedade e justiça e convocando o povo pra construir um novo Reino. Nesse Reino, o próprio Deus será o rei justo e bom, guiando a vida do povo. A partir daí, a vida começa a mudar: os oprimidos ficam livres, os doentes são olhados com carinho, os pobres são acolhidos e valorizados, os que estão sofrendo, com o coração ferido e magoado, são consolados. Assim é o Reino de Jesus. O "ano da graça", que Jesus afirma que vai trazer, significa um tempo de união, paz e justiça para todos. Naquela época, de vez em quando, se celebrava o "ano da graça". Naquele ano, as dívidas eram perdoadas, as mágoas esquecidas, as pessoas se reconciliavam e se uniam superando obstáculos, diferenças e preconceitos. Era isso o que Jesus queria. 


Conversando com a turma: 
* Vamos comparar o tempo de Jesus com o mundo de hoje: As ideias de Jesus anunciadas nesse texto seriam importantes para os dias de hoje? Por quê? 
* Como é a sociedade hoje? Há preconceitos e divisões? Quais? Há pessoas isoladas e abandonadas? Quais? 
* Jesus, em sua pregação, falou dos problemas da época: pobres, abandonados, pessoas de coração ferido - ou seja, magoadas, entristecidas - presos, oprimidos, doentes. Se Jesus fosse hoje fazer sua pregação, de quais problemas você acha que ele falaria? De que pessoas ele se lembraria? 
* O que você acha que mudaria no mundo se todas as pessoas aceitassem o Reino de Deus, ou seja, se aceitassem Jesus como verdadeiro rei, aquele que orienta a vida de todos? 
* Encerrar a conversa, concluindo: A missão de Jesus era justamente esta: fazer o Reino de Deus acontecer, trazer ao mundo uma proposta de vida nova, baseada na igualdade, na justiça, na solidariedade, no amor e no respeito entre as pessoas. Essas coisas todas acontecem, quando nós deixamos Jesus reinar em nossa vida, aceitando sua proposta. Um mundo cujo rei é Deus, sem dúvida, um mundo melhor. Em toda a sua vida, essa foi a grande verdade que Jesus nos ensinou. 

*** 


Assim como nós temos os nossos planos, os nossos projetos, os nossos programas de vida, Jesus também tinha o seu. 

O PROGRAMA DE JESUS É: - Anunciar uma boa notícia aos pobres. - Dar a liberdade àqueles que estão presos. - Dar vista aos cegos. - Libertar os oprimidos.
 

Jesus viveu no meio das pessoas simples, das pessoas pobres, dos cegos, dos coxos... Jesus conviveu com aqueles que vivem presos numa situação de sofrimento, sem "chance" de se libertar. Por isso, o Programa de Jesus era: -Libertar as pessoas da injustiça e da opressão e construir um mundo de amor e fraternidade, onde todos tenham direito à vida. -Este é o Reino de Deus, onde tudo é fraternidade. Este Reino começa a ser construído aqui e se tornará perfeito e completo no fim dos tempos. 

-Conversar com os catequizandos sobre as situações onde existe amor de Deus e sobre onde não existe esse amor. -Jesus com sua vida, com suas atitudes e palavras manifestou: ''O REINO JÁ CHEGOU E ESTÁ NO MEIO DE NÓS''. 

*** 


 
 


Comentários

Postagens mais visitadas