Categorias

Abraão (4) Acolhida (2) Advento (1) Aliança-Pacto de amizade (1) Ambientação (2) Amizade (1) Ano Liturgico (1) Ano Litúrgico (1) Apóstolos (3) Arte na catequese (10) Artesanato criativo (5) As maravilhas de Deus (1) Atividades (8) Avaliação na Catequese (2) Batismo (3) Bíblia (8) Brincadeiras (1) Caça ao Tesouro (2) Campanha da Fraternidade 2017 (2) Cantinho da Oração (1) Catavento (1) Catequese com adultos (8) Catequese com crianças (28) Catequese com os pais (2) Catequese de Crisma (6) Catequese de Perseverança (1) Catequese em ação (1) catequistas (1) Como preparar encontro de catequese (2) Confissão (1) Coordenação (1) Coroa do Advento (1) Correio de Maria (6) Crisma (1) Dia das Mães (5) Dia do Catequista (1) Dinâmicas (60) Dinâmicas de Oração (6) Dinâmicas de Revisão (1) Espírito Santo (4) Eucaristia (10) Evangelho (5) Família (2) Felicidade (2) Formações (32) Gincana (1) Histórias na Catequese (2) Igreja (1) Jesus chama seus colaboradores (1) Jesus convida os apóstolos (1) Jesus inicia sua missão (1) João Batista (2) Juízes (1) Leitura Orante (6) Lembrancinha da Páscoa (6) Lembrancinha para as mães (4) Lembrancinhas (5) Mandamentos (1) Maquete (1) Matrimônio (1) Meio Ambiente (1) Metodologia catequética (24) Moisés (1) Nascimento de Jesus (2) Natal (2) Nossa Senhora (4) O nascimento de Jesus (1) O Perfil do Catequista (10) O programa de Jesus (1) O tempo dos Reis (2) Oração (2) Pai- Nosso (2) Papo de catequista (13) Parábola do semeador (2) Páscoa (6) Pecado (2) Pentecostes (1) Planejamento (3) Planejamento de Encontros (24) Profetas (1) Quem é Jesus? (4) Quem eu sou? (1) Rádio Catequese (4) Rei Davi (1) Reunião de pais (1) Revisão (5) Roteiro de visitas às famílias dos catequizandos (1) Sacramento da Crisma (1) Sacramento da Reconciliação (1) Sacramentos (6) Sagrada Família (2) Santíssima Trindade (1) Semana Santa (3) Somos filhos de Deus (2) Teatro (2) Textos de Apoio (1) Unção dos Enfermos (1) Ver-julgar-agir (1) Vlog (1)

15 fevereiro, 2016

Desapegue-se, catequista!




Sou catequista de Primeira Eucaristia há mais de uma década...Ôpa. Como somos apegados a etapa que estamos trabalhando na catequese! Vocês também são assim ou  sou só eu? Corrigindo: sou catequista há mais de uma década. Melhor assim. 

Durante todo este tempo, só fiquei com turmas de Primeira Eucaristia e durante muito tempo nem imaginava mudar de etapa. Me identifiquei muito com as crianças e adolescentes.  Me sinto mais jovem quando estou com eles. Gosto da alegria deles, do sorriso fácil, da animação, das brincadeiras, da perspicácia e da inocência. Jesus já dizia que quem não tiver o coração de uma criança não entrará no Reino de Deus. Ensinei e aprendi muito sobre o amor de Deus. 

Mas no final deste último ano da catequese, Deus colocou no meu coração o desejo de me aventurar em outra etapa, em especial a catequese com adultos, o oposto da catequese com crianças, não é verdade? E o padre, depois da nossa formação, me lançou o desafio de ir para a catequese de Crisma com adultos. Claro, disse sim, mesmo com o coração apertadinho por deixar a Primeira Eucaristia, onde tudo começou, onde eu dei meus primeiros passos como catequista e como eu cresci desde o primeiro encontro. 

É importante pensarmos que o catequista deve transitar tranquilamente entre todas as etapas e isso é enriquecedor, não acham? Cada etapa tem seu valor, como na vida, que cada idade tem sua beleza: a infância, a adolescência, a juventude, a  maturidade... A catequese acompanha cada fase desde a sementinha até a Crisma com adultos. 

Ser catequista é se colocar à disposição para o serviço, é ir  onde há mais necessidade de catequistas, e não ficar apegado a uma etapa. O verdadeiro catequista não pode ser catequista de etapa, mas ser catequista da Paróquia e servir, com generosidade e amor, onde for chamado. 

Estou com muita disposição para adentrar nesta nova realidade de evangelização e catequização.  "A catequese com adultos é um desafio e uma prioridade hoje no Brasil. Os batizados não evangelizados apresentam-se para a catequese sem o mínimo contato com Jesus Cristo. Faz-se necessária uma proposta de iniciação cristã". 

Quando entrei na catequese, eu tinha 23 anos e ainda frequentava o grupo jovem. Todos sabem o quanto eu amadureci. Estou com 36 anos e ganhei com as rugas, maturidade como mulher e como cristã. Com este novo começo, me lanço para as águas mais profundas. Catequizar adultos requer uma outra linguagem, outra metodologia, outra dinâmica. Estou pronta? Sim. Estou. Porque o Senhor me chama e me capacita e eu respondo: "Faça-se em mim segundo a Tua palavra". 

Tem algum catequista na etapa de Crisma com adultos? Aceito sugestões de livros, formações e orientações. 


Catequista Cris Menezes
Catequista por amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário